Blog

Quanto Ganha um Compositor?

A resposta para a pergunta: quanto ganha um compositor? é muito relativa, mas neste artigo vamos dar alguns exemplos práticos de quanto um compositor pode faturar.

Ter uma música gravada por grandes artistas é o sonho de todo compositor, e com certeza você está incluso nessa… hehe.

Mas o que muitos compositores não sabem é que os “grandes compositores” que têm músicas gravadas com grandes artistas faturam muito com liberações simples para artistas desconhecidos.

Para o compositor existem dois tipos de ganhos, o ganho na liberação da composição e o ganho por execução.

Na liberação, o ganho pode se dar por uma liberação simples ou exclusiva.

Quanto ganha um compositor na liberação simples?

A liberação simples ocorre quando a música é liberada para o artista x, mas ele não tem exclusividade, com isso o compositor é livre para liberar a mesma música para quantos artistas desejar.

Esse tipo de liberação é a mais em conta e varia muito.

Nós temos um site onde disponibilizamos músicas dos compositores para os artistas, chamado Vitrine do Compositor (conheça o site aqui). 

Nele nós liberamos as músicas por R$ 600,00 e, lembrando, nesse tipo de liberação o compositor é livre para liberar a mesma música para outros artistas.

Para nós, esse valor é o mínimo em uma liberação, mas isso depende de cada caso.

Conhecemos compositores que liberam uma música na liberação simples na faixa de R$ 2.000,00 a R$ 3.000,00.

Isso vai depender do artista em questão e das pessoas que estão por trás do projeto, tudo deve ser analisado.

Quanto ganha um compositor na liberação com exclusividade?

Nesse tipo de liberação, como o próprio nome já diz, por um período determinado em contrato (geralmente um ano e meio) a música será exclusiva para o artista que comprou a liberação, ou seja, o compositor não poderá liberar a mesma música para nenhum outro artista durante o período.

Esse tipo de liberação já é para artistas que desejam investir pesado em uma divulgação.

O que sabemos e também falamos com propriedade, já que fizemos guias de músicas que foram gravadas por artistas como Henrique e Juliano, Maiara e Maraisa, entre outros, é que uma liberação com exclusividade gira em torno de R$ 15.000,00.

É claro que esse valor pode mudar de um projeto para o outro; como informamos acima, vai depender do artista e do time que está por trás do projeto.

Os ganhos do compositor acabam aí?

De maneira alguma, além dos ganhos sobre a liberação, seja ela com exclusividade ou não, ainda há os ganhos sobre direito conexo.

No Direito conexo, o ganho ocorre pela execução da música nas rádios, novela, filmes, etc., ou seja, toda vez que toca sua música você ganha por isso.

Já no Direito Autoral o ganho se dá quando a música é executada, mas não a gravação, sim em uma apresentação ao vivo.

De uma forma simples, quando toca sua música a partir de uma gravação, o compositor receberá conexo. Agora, quando qualquer artista cantar sua música ao vivo, nesse caso você receberá direito autoral.

Em Direito conexo não é só o compositor que recebe, todos que participaram da gravação do fonograma recebem uma porcentagem pela execução – compositor, interprete, músicos, etc.

Tá, mas quanto ganha um compositor?

Sei que você quer saber, mas a resposta é muito relativa, é como jogador de futebol, tem jogador que ganha R$ 1.000,00 e tem jogador que ganha R$ 1.000.000.00 (Um Milhão de Reais).

Compositor é a mesma coisa, vai depender exclusivamente de quantas músicas ele tem gravadas e quantas foram sucesso.

O que podemos afirmar é: se o compositor tem uma música que faz sucesso nos quatro cantos do Brasil e é muito executada em rádios, só de direitos autorais ele pode faturar mais que meio milhão, tranquilamente.

A dica que nós, do Ajeito Sua Música, damos para você é: faça network com os artistas de sua cidade, estado e outros artistas do Brasil que estejam começando, mas que já tenham um trabalho em andamento e desejam músicas de qualidade para gravar. A partir das liberações para esses artistas sem expressão na mídia é que você chegará aos grandes artistas.

Se gostou do artigo, deixe seu comentário, ele nos incentiva a criar outros.

Abraço e até a próxima!

47 comentários em “Quanto Ganha um Compositor?

  1. CICERO ADRIANO disse:

    MUITO BOM ARTIGO!!

    1. Que bom que gostou, Cicero. Obrigado pelo seu feedback. Sucesso.

  2. Fabiodeflash compositor disse:

    Legal, obrigado por essa dica!
    Temos que acreditar em nossos trabalhos.
    Indiferente de ser gravado por um artista grande famoso ou de um pequeno que apenas estar começando agora.

    Parabéns a toda equipe do Ajeito sua Música!

    1. Exatamente, Fabio. Acredite sempre e trabalhe focado que os resultados aparecerão. Sucesso pra você.

  3. Claudomir dos santos disse:

    Obrigado pela atenção de vocês para conosco

    1. É sempre um prazer, Claudomir. Sucesso!

  4. Ivair Eduardo dos Santos disse:

    Parabéns muito valiosa essa afirmação

    1. Legal que gostou, Ivair. Sucesso.

  5. Moisés Araújo disse:

    Ótima mensagem, clara e objetiva.

    1. Obrigado pelo feedback, Moisés. Sucesso.

  6. Maria Claudino disse:

    Boa noite!!
    Gostei muito do texto. Bem explicado.
    Qual é o site onde vocês enviam músicas para os cantores?

    1. Legal que gostou do artigo, Maria. Para divulgação temos a Vitrine do Compositor, entra lá para conhecer – https://www.vitrinedocompositor.com.br/. Sucesso.

  7. Jeferson Nunes Gomes disse:

    Excelente artigo. Muito objetivo, realista, e acima de tudo muito animador. Era justamente o que eu mais precisava ouvir. Compor músicas para ficarem esquecidas numa gaveta (da Internet ) é a coisa mais deprimente que existe. Você investe um dinheiro que não tem retorno. E muitas vezes as pessoas da família e amigos não te incentivam. O compositor muitas vezes só tem o sonho de dar uma virada na vida através de suas composições musicais. Eu gostaria de conhecer
    alguém no meu estado que se interessasse em minhas músicas. A gente chega a imaginar que rola algum tipo de máfia na coisa. Um QI. Pois é muito raro de dar certo. Eu achei que me assossiar na MMUSIC fosse resolver meu problema. E nunca deu em nada. Tô querendo até sair de lá. Eu só preciso que pelo menos uma das músicas faça sucesso.

    1. Que bom que gostou, Jeferson! Ficamos felizes que conseguimos te animar em sua caminhada. Não desista meu querido, pois os resultados com certeza virão, é questão de tempo. Sucesso!

  8. Edilsom Silva disse:

    Artigo muito relevante, excelente!

    1. Obrigado pelo feedback, Edilsom. Isso nos ajuda a criar outros artigos. Abraço.

  9. Neco Silva disse:

    Só tenho a agradecer …
    Vocês são sempre nota mil😊😊😊

    1. Obrigado, Neco. Sempre um prazer contribuir. Sucesso!

  10. Derval Souza disse:

    É para mim de grande valia essa informação que eu não sabia e que servirá para o conhecimento de tantos outros compositores.
    Obrigado.

    1. Legal que curtiu, Derval. Obrigado pelo feedback. Sucesso.

  11. FLAVIO A disse:

    OBRIGADO,PELO ORIENTAÇAO, VCS SEMPRE,DANDO UM JEITO ,PARA AJUDAR ,OS COMPOSITORES.

    1. É sempre um prazer, Flavio A. Obrigado pela parceria meu querido. Sucesso.

  12. ADALTO PINOTTI disse:

    Olá bom dia!
    Legal, tinha detalhes no artigo que eu não sabia, muito boa a explicação de vocês.
    Forte abraço.

  13. Roberto Carlos (Robert Jr) disse:

    Olá! Excelente artigo esse conteúdo esta bem explicado e resumido. Gostei muito, parabéns a equipe do ajeito sua música.

    1. Obrigado, Roberto. Ficamos felizes que gostou do artigo. Sucesso!

  14. Mário Almeida disse:

    Muito bom! Tinha detalhes que eu não sabia, muito boa a explicação (Parabéns).
    Forte abraço.

    1. Valeu, Mário. Obrigado pelo feedback, isso nos ajuda a criar novos conteúdos. Sucesso!

  15. João Torres disse:

    Aprecio muito suas valiosas informações…tô preparando umas obras pra fazer guias com vcs!

    1. Obrigado, João. Para nós será um grande prazer trabalhar em suas composições. Sucesso!

  16. Marcos Aldon disse:

    Obrigado pelas informações.

    1. Legal que curtiu, Marcos! Obrigado pelo comentário. Sucesso!

  17. Gilson disse:

    Olá bom dia. Obrigado pelas informações. Gostaria de entrar no site Vitrine do compositor. Porém o link não está disponível.

    1. Bom dia, Gilson! Que bom que gostou do artigo. Sobre a Vitrine, aqui está ok, está acessando o link correto? O link é – https://www.vitrinedocompositor.com.br/. Abraço.

  18. Isac disse:

    Gostaria de saber por exemplo, na vitrine, a liberação custa 600 reais, mas quem coloca a música na vitrine tem a opção de cobrar um valor diferente desse, digo a cima desse valor, por exemplo 1000 reais, ou mais? Outra pergunta, se for uma liberação com exclusividade, voces fazem os tramites para isso ou é por conta do compositor? Eu falo em relação a documentação e tal…. obrigado pelas informações

    1. Olá Isac! Toda liberação pela Vitrine do Compositor sendo com exclusividade ou não é feita pela equipe do Ajeito Sua Música. Você receberá os documentos apenas para assinatura. Já o valor estipulado é uma base, mas o compositor é livre para colocar o valor que desejar. Se deseja colocar o valor base de R$ 1.000,00, todas as suas composições serão nesse valor. Já o valor de exclusividade, nós entramos em contato com o compositor para tratar sobre. Obrigado.

  19. CLAUDIO RITSER disse:

    É muito bom ler os textos de vocês. Informações precisas e objetivas. Obrigado por estarem sempre nos esclarecendo sobre o mundo da música. Abraços.

    1. Que bom que gostou, Claudio. Obrigado pelo seu comentário e estaremos postando mais informações. Abraço e sucesso.

  20. Donizete Claudino disse:

    Gostei muito da dica sempre quis saber quais são os direitos do compositor

    1. Que bom que curtiu, Donizete. Sucesso!

  21. Weslene disse:

    muito esclarecedor , em poucas palavras disse muito…obrigada

    1. Que bom que gostou, Weslene. Obrigado por comentar.

  22. Rodson Rolemberg Batista de Santana disse:

    Parabéns pessoal do Ajeito Sua Musica.
    Muito legal as explicações, são bem esclarecedoras.
    Um abraço do compositor Rodson Rolemberg Santana.

    1. Que bom que curtiu, Rodson! Abraço e sucesso.

  23. Ricardo Medeiros (Rosembrick) disse:

    Parabéns pelo conteúdo!
    Muito relevante e não se fala muito.
    Abraços!

    1. Que bom que gostou, Ricardo! Obrigado por comentar. Sucesso!

  24. Marcos disse:

    Gostei muito do seu trabalho, parabéns, gostei muito!
    Sanou todas as minhas dúvidas 👏🏼👏🏼

    1. Que bom, Marcos!
      Obrigado pelo comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *